Artigos

Iram Saraiva dignifica o cargo


Os amigos seletos que compartilham da intimidade do atual Presidente da Câmara Municipal da Goiânia, Iram Saraiva, são apaixonados pelo senso ético, a garra e a robustez que ele enfrenta as dificuldades cotidianas. Vítima de um acidente que o aprisionou numa cadeira de rodas, é um deficiente físico cujo nível cultural, bom senso político e lucidez, o faz pairar acima das mediocridades imperfeitas no trato da coisa pública.

Ele é um exemplo gratificante de como superar tragédias. Um exame de suas habilidades profissionais, da experiência em cargos de relevância, de especializações qualificadas, podem levar à conclusão de que está desperdiçado na atual função. É um ponto de vista errôneo. O seu equilíbrio está sendo fundamental nos destinos de mais de um milhão de habitantes.

Não fosse seu carisma e suas habilidades diplomáticas, a Câmara certamente teria se afundado, repetidamente, num lamaçal improdutivo. Em diversas ocasiões, Iram Saraiva soube conter os ânimos e impedir que o Plenário fosse palco do grotesco. Em alguns momentos, com o suor de dores que o flagelam, manteve-se firme ajuizando condutas corretas.

É uma figura humana que raramente reclama. São poucos que sabem de suas agonias, das dificuldades para se manter resoluto, imperturbável, nas longas sessões com discursos intermináveis. Definitivamente uma reserva moral na arte de fazer política em tom maior.

Mantém cacife para ocupar o cargo de Prefeito, Governador ou Presidente da República. Dignifica sua função pública oferecendo um exemplo de respeito. Atua com afinco e seriedade. Sua produtividade, numa cadeira de rodas, faz corar os que não possuem limitações e se lambuzam em patifarias. Todas as vezes que o vejo em ação, me conforto em saber que ainda existem pessoas de seu naipe recebendo um salário pago pelo contribuinte. É um cidadão que mantém a consciência tranquila no alicerce do dever cumprido. Fruta rara no pomar da politiquice brasileira. Há de se registrar.

Rosenwal Ferreira é Jornalista e Publicitário.

E-mail: rosenwal@terra.com.br

Twitter: @rosenwalf

Sobre o Autor

Rosenwal Ferreira

Rosenwal Ferreira é jornalista, publicitário e terapeuta transpessoal. Multimídia talentoso, ele atua na TV Record realizando comentários no quadro 'Olho no Olho', no Balanço Geral. Mantém, há mais de 18 anos, o programa 'Opinião em Debate' que agora está na PUC TV. No meio impresso, é articulista no Diário da Manhã, e no Jornal OHoje.
Radialista de carteirinha, comanda o tradicional programa jornalístico 'Opinião em Debate', que já ocupou o horário nobre em diversas emissoras, e hoje, está na nacionalmente conhecida Rede Bandeirantes 820AM, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 08h30 da manhã. Logo após é membro da bancada mais ativista da felicidade, das 8h30 até às 10h da manhã, na Jovem Pan Goiânia 106,7FM.

3 Comentários

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Rosenwal, só tenho uma pergunta:

    – Porque não vejo o nome deste brilhante politico ser cogitado a prefeitura de Goiânia???

    Porque ele não é da panelinha? Porque não exite lugar na prefeitura para politico ético?

    Enfim…espero que algum partido ou o próprio partido do Vereador abra o olho e a mente, e lance o Vereador como candidato a prefeito! MEU VOTO ELE JÁ TEM!

  • Pessoas de má índole e incompetentes devem
    ser denunciadas e combatidas, porém, por
    outro lado, pessoas íntegras e competentes devem ser enaltecidas e elogiadas, mesmo
    para servirem de exemplo aos demais.
    É isso que dá credibilidade a um jornalista!
    É o senso de justiça e a imparcialidade que
    devem prevalecer!
    Parabéns por agir assim, meninomanamigo de grande alma Rosenwal!
    Abraços de energia cósmica azul
    Hàmlid

  • Prezado jornalista Rosenwal ferreira, sou ouvinte do seu programa Jornal da Sucesso e quero concordar com o seu convidado do programa, médico Adriano Auad, que num programa dias desses, o alertou para que direcionasse suas críticas a outros segmentos políticos e não apenas aos partidos de esquerda, como no caso do PT que hoje administra Goiânia na figura do prefeito Paulo Garcia. Quando do acontecimento envolvendo o secretário do prefeito ao se defender de denúncias do caso Mutirama, que resultou num barraco na Câmara Municipal, o assunto foi comentado exaustivamente no seu programa e agora nesta semana um fato semelhante e mais grave, pois envolvia a pessoa do governador do Estado, foi solenemente ignorado por você apesar de ter sido o assunto mais comentado nas redes sociais, tendo sido até manhete na primeira página do jornal O Popular, que você leu no ar mas pulou a notícia preferindo comentar outras de menor interesse. Fica aqui a minha opinião que acredito ser também a de outros ouvintes.