Goiás

Serial killer lançará livro contando sua história

O serial killer de Goiânia, Tiago Henrique Gomes da Rocha, de 29 anos, preso em outubro de 2014, lançará um livro sobre sua história e conversão no mês que vem. O material, que tem acompanhamento do Pe. Luiz Augusto Ferreira da Silva, da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, em Aparecida de Goiânia, já foi editado e está na gráfica para impressão.

Segundo o Pe. Luiz Augusto, a idéia e a vontade de escrever partiram de Tiago, que já foi condenado a mais de 600 anos de prisão por mais de 30 mortes, entre mulheres, adolescente e moradores de rua.

O livro intitulado “Um pouco da história por trás de um serial killer” é uma junção de dois materiais diferentes. De acordo com o padre, na primeira parte, Tiago fala como assassino em série e, na segunda, sobre sua conversão – ele é evangélico, mas em razão do tamanho dos textos não justificaria o lançamento de dois livros. “Na verdade, o da conversão dele pode até interessar para alguns, mas a maioria quer saber mesmo é da história, do que ele vivia na moto”, destacou o padre Luiz Augusto.

Tiago está preso e isolado no Núcleo de Custódia, unidade de segurança máxima do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. O contato entre o serial killer e o padre se deu através das visitas que Luiz Augusto faz aos presos.

“Ele foi passando os rascunhos. Escreveu tudo sozinho, e foi aos poucos. Eu acabei me tornando uma pessoa de confiança, porque o visito quase todos os dias, converso, ajudo, não só ele, mas os outros presos também. Levo livros, porque ele gosta muito de ler”, contou o padre, que em 2015 foi exonerado do cargo de analista legislativo na Assembleia Legislativa de Goiás, por suspeita de ser “funcionário fantasma”.

Ainda de acordo com o padre Luiz, essa não é a primeira vez que ele ajuda um detento a lançar um livro. Segundo ele, isso já ocorreu com um traficando que estava recolhido na Casa de Prisão Provisória (CPP). Na ocasião, o detento participou do lançamento do material, sendo escoltado por policiais e agentes prisionais.

Em relação a Tiago, Luiz Augusto disse que tentará fazer o mesmo. “Não sei se vamos conseguir fazer do mesmo jeito, até porque o caso dele é especial ou, quem sabe, podemos tentar fazer apenas uma sessão especial para a imprensa”, disse ele.

Por meio de nota, o padre Luiz Augusto lamentou que a repercussão do lançamento do livro como se fosse algo absurdo. “Vou ao complexo penitenciário para evagelizar, não para concordar com o crime cometido por nenhum dos reeducandos. Quanto ao “livro” não há participação de nenhuma outra pessoa; o Tiago é o único redator, cuja proposta é mostrar o seu arrependimento e o seu processo de conversão”, disse ele. (Jornal O Popular)

Leia na integra:

Sobre o Autor

Rosenwal Ferreira

Rosenwal Ferreira é jornalista, publicitário e terapeuta transpessoal. Multimídia talentoso, ele atua na TV Record realizando comentários no quadro 'Olho no Olho', no Balanço Geral. Mantém, há mais de 18 anos, o programa 'Opinião em Debate' que agora está na PUC TV. No meio impresso, é articulista no Diário da Manhã, e no Jornal OHoje.
Radialista de carteirinha, comanda o tradicional programa jornalístico 'Opinião em Debate', que já ocupou o horário nobre em diversas emissoras, e hoje, está na nacionalmente conhecida Rede Bandeirantes 820AM, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 08h30 da manhã. Logo após é membro da bancada mais ativista da felicidade, das 8h30 até às 10h da manhã, na Jovem Pan Goiânia 106,7FM.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta para cristiano francisco Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Sobre o Livro do Thiago Serial Killer gostaria de comprar esse livro e como estou pretendendo comprar livros sobre assuntos de psicopatia e serial killers,acho que não deveriam proibir a publicação deste livro porque ele pode ser um importante estudo sobre a psicopatia e mentes diabólicas que talvez poderia interessar os estudiosos desses assuntos polêmicos e é claro,com todo o meu respeito aos familiares das vítimas,o certo é só publicar e vender para quem quizer comprar e que poderia ser vendido sómente aos interessados sem os críticos saberem.Mas é claro legalmente e somente vendidos para quem quizer procurar e num site oficial que deve ser cadastrado sómente os interessados na compra do Livro. Acho que o correto é fazer um site oficial e só publicar esse Livro e vendê-lo sómente aos cadastrados do determinado site oficial do Thiago.Acho que deveria existir para o Thiago Serial Killer um site oficial dele próprio e é claro,se for permitido por Lei e se o próprio Thiago poderia publicar seus Livros dentro desse mesmo site. Acredito fielmente que este serial Killer tem tendência em escrever livros de sua autoria.