Entretenimento

Morre o ator Tarcísio Meira aos 85 anos, vítima da Covid-19

O ator Tarcísio Meira morreu nesta quinta-feira, 12, aos 85 anos. O artista estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 6 de agosto com Covid-19. A atriz Glória Menezes, casada com o veterano artista, também foi internada com a doença, mas apresentou apenas sintomas leves e se recupera bem. Com Tarcísio foi diferente, ele precisou do apoio de ventilação mecânica invasiva e diálise contínua enquanto esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O casal já tinha tomado as duas doses da vacina, sendo que a segunda foi aplicada em março na cidade de Porto Feliz, no interior de São Paulo.

Tarcísio deixa sua marca no teatro e na televisão brasileira. A estreia na TV aconteceu em 1959 na extinta TV Tupi e ele esteve no elenco da primeira telenovela diária e gravada do Brasil, que foi exibida na também extinta TV Excelsior. A estreia na Globo aconteceu em 1967 e, nos 50 anos em que permaneceu na emissora, o ator esteve em várias atrações – incluindo novelas, minisséries e especiais. Um dos marcos na carreira do artista foi a novela “Irmãos Coragem”, trama Janete Clair que entrou para a história da teledramaturgia e foi exibida entre os 1970 e 1971. Tarcísio contracenou com a esposa em várias produções de sucesso, como “Guerra dos Sexos” e “Torre de Babel”. O ator também esteve no elenco de outros destaques da TV brasileira, como a novela “O Rei do Gado” e a minissérie “A Muralha”. Os trabalhos mais recentes na TV foram o remake de “Saramandaia”, exibido em 2013, e na novela “Orgulho e Paixão”, de 2018. Já no teatro, um dos trabalhos mais recentes foi o espetáculo “O Camareiro”, no qual contracenou com Cassio Scapin. O artista foi casado por mais de 60 anos com Glória e, juntos, tiveram um filho, Tarcísio Filho.

Sobre o Autor

Rosenwal Ferreira

Rosenwal Ferreira é jornalista, publicitário e terapeuta transpessoal. Multimídia talentoso, ele atua na TV Record realizando comentários no quadro 'Olho no Olho', no Balanço Geral. Mantém, há mais de 18 anos, o programa 'Opinião em Debate' que agora está na PUC TV. No meio impresso, é articulista no Diário da Manhã, e no Jornal OHoje.
Radialista de carteirinha, comanda o tradicional programa jornalístico 'Opinião em Debate', que já ocupou o horário nobre em diversas emissoras, e hoje, está na nacionalmente conhecida Rede Bandeirantes 820AM, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 08h30 da manhã. Logo após é membro da bancada mais ativista da felicidade, das 8h30 até às 10h da manhã, na Jovem Pan Goiânia 106,7FM.

Deixe seu Comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.