Artigos

Euler Ivo e Isaura Lemos arrastam o PCdoB numa ação que Ministério Público tem que investigar

Incomodados com as repercussões negativas que podem ferir as vísceras do PCdoB, três interlocutores ligados ao Partido entraram em contato com o Ministério Público, dirigentes da Caixa Econômica Federal e jornalistas escolhidos criteriosamente, para narrar fatos que se mostram estarrecedores e que podem  envolver má utilização de verbas públicas, fraude, danos aos mutuários e manobras ardilosas com fins obscuros. O mau juízo  indica o envolvimento da Deputada Isaura Lemos, seu esposo Euler Ivo e colaboradores ligados diretamente a eles.

A teia de implicações  é complexa e merece investigação minuciosa. O início dos problemas arrola o Movimento de Luta pela Casa Própria (MLCP) cujo presidente Valtuídes Mendes da Silva é lotado no gabinete da Deputada Isaura, embora testemunhas afirmem que ele não comparece à Assembleia. Sob a responsabilidade do MLCP foi erguido a Vila Adilair 2, cujas residências estão em estado precário, com o perigo de mais de 50 fossas abertas, acumulando reclamações dos mutuários, fornecedores e operários. Os primeiros não puderam ocupar o imóvel e os outros procuram receber dívidas que não foram quitadas.

Segundo os documentos, a obra foi terceirizada e entregue para a empresa Suporte que pertence ao esposo da então Secretária de Habitação de Aparecida, Limênia Alves. Para incrementar o nebuloso enredo, a empreiteira estranhamente faliu após receber cerca de 90% do valor da obra. Segundo consta, a MLCP coleciona ações trabalhistas por não acertar com trabalhadores humildes.

Euler Ivo é secretário da Confederação Nacional das Associações de Moradores (CONAM), cuja Presidente é Bartira Perpetua Lima da Costa, membro do comitê Central do PCdoB. Ou seja: os moradores que se consideram lesados (tenho a lista deles) não teriam a quem reclamar porque Euler faz parte do esquema que não concluiu o Projeto a contento.

AliásEuler Ivo e Isaura Lemos dominam de forma questionável as entidades goianas ligadas a quem sonha ter um lar decente. A ACEMAT (Associação, Cultura, Educação, Moradia, Agricultura e Trabalho) é controlada por Vinicius Schiavinatoque tem o apelido de “Madruga” e atua como Assessor de Euler Ivo. A ACODES (Associação e Controle da Desigualdade Social) é da competência de Vera Lucia Alves de Sousa, também lotada no gabinete da Deputada Isaura Lemos como pode ser conferido no Portal da Transparência.

O pior de toda essa teia de incertezas, com gente simples esperando sua residência, é que o sistema regulado pelo  casal não só pleiteia a autorização para a construção de 900 apartamentos em Aparecida (as famílias já estão cadastradas) como pretende controlar o segmento na Prefeitura de Goiânia, forçando a entrada do pupilo Bruno Pena como Secretário de Habitação. A única experiência do moço é o convívio com o grupo de Euler e Isaura.

Segundo um dos informantes, Paulo Garcia está sob pressão porque precisa do voto da Vereadora Tatiana, filha do casal, para costurar alianças envolvendo áreas públicas.  É fato que o Prefeito é um homem criterioso e não vai entregar a pasta em mãos duvidosas. Só agora está tendo conhecimento dos graves problemas que envolvem a Vila Adilair.

Técnicos de alto nível da Caixa Econômica Federal, que constataram as distorções no Projeto Adilair já alertaram  o Governo Federal temendo as consequências. Principalmente porquê o futuro empreendimento envolve 60 milhões de reais e os desvios podem  transformá-lo num dos maiores vexames habitacionais do país – mostrando descaso do Governo Dilma e do Ministério das Cidades num projeto que Lula valoriza – caso seja tocado nos moldes do Adilair 2. Pesa um momento delicado em que os inescrupulosos  sonham manipular verbas parrudas capazes de engrossar os recursos de campanhas políticas umbilicais.

 

Rosenwal Ferreira: Jornalista e Publicitário

rosenwal@rrassessoria.com

Twitter: @rosenwalF

facebook/jornalistarosenwal

Sobre o Autor

Rosenwal Ferreira

Rosenwal Ferreira é jornalista, publicitário e terapeuta transpessoal. Multimídia talentoso, ele atua na TV Record realizando comentários no quadro 'Olho no Olho', no Balanço Geral. Mantém, há mais de 18 anos, o programa 'Opinião em Debate' que agora está na PUC TV. No meio impresso, é articulista no Diário da Manhã, e no Jornal OHoje.
Radialista de carteirinha, comanda o tradicional programa jornalístico 'Opinião em Debate', que já ocupou o horário nobre em diversas emissoras, e hoje, está na nacionalmente conhecida Rede Bandeirantes 820AM, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 08h30 da manhã. Logo após é membro da bancada mais ativista da felicidade, das 8h30 até às 10h da manhã, na Jovem Pan Goiânia 106,7FM.

Deixe seu Comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.