Notícias Política

Apoiadores de Lula preparam ato em Curitiba com baixa expectativa

Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) preparam, na manhã desta quarta-feira, o ato previsto para mais tarde em Curitiba. Com camisas de partidos políticos de esquerda, da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e de movimentos sociais, o grupo espalha bandeiras e já posicionou um carro de som.

A expectativa é que o protesto tenha adesão menor do que no dia do primeiro encontro entre Lula e Moro, em maio, visto pelo próprio local destinado ao grupo pela Secretaria de Segurança do Paraná (Sesp), a Praça Generoso Marques. Quase vizinha à Praça Santos Andrade, onde os militantes se reuniram em maio, o novo espaço é consideravelmente menor.

Da última vez, a Sesp chegou a estimar em 60 mil pessoas o total de deslocados para a capital paranaense, número que não se cumpriu. Agora, o número oficial fala em 5 mil pessoas na cidade.

Segundo VEJA apurou com policiais presentes no local, a ordem é impedir que se interrompa a circulação de carros atrás da Praça. O limite para os manifestantes será o carro de som, onde está previsto um discurso de Lula às 18h.

Segurança

Novamente a força de segurança aposta na tática de deixar os grupos a favor e contra Lula em locais distantes. Enquanto os defensores do ex-presidente estão na região mais central de Curitiba, os movimentos em apoio à Operação Lava Jato se concentrarão em frente ao Museu Oscar Niemeyer, no bairro Centro Cívico.

A operação deve movimentar cerca de mil homens e reduzir o acesso à região da Justiça Federal. Diferentemente da outra vez, no entanto, as demais audiências e expedientes no tribunal estarão mantidos normalmente.

Veja o entorno da Justiça Federal antes do depoimento de Lula, por volta das 12h. Fonte: Veja

 

Sobre o Autor

Rosenwal Ferreira

Rosenwal Ferreira é jornalista, publicitário e terapeuta transpessoal. Multimídia talentoso, ele atua na TV Serra Dourada realizando comentários para o Jornal do Meio Dia; mantém, há mais de 18 anos, o programa Opinião em Debate, que anteriormente era transmitido na TBC Cultura, e agora está na PUC TV. Na TV Metrópole é membro do programa de análises políticas e econômicas. No meio impresso, é articulista na quinta-feira, no Jornal da Manhã, e na terça-feira no Jornal OHoje. 
Radialista de carteirinha, comanda o tradicional programa jornalístico Opinião em Debate, que já ocupou o horário nobre em diversas emissoras, e hoje, está na nacionalmente conhecida Rede Bandeirantes 820am, de segunda a sexta-feira, das 07H30 às 08H30 da manhã.

Deixe seu Comentário

Clique aqui para comentar

Patrocinado por